A parvoíce na política ou o resultado de lideranças como as de Trump e Bolsonaro?

As pessoas têm o direito de pensar o que muito bem entenderem, desde que – linha vermelha – esse pensamento não tenha por objectivo aniquilar o pensamento e a liberdade dos outros. Parece razoável, ou não? Dito isto, acrescente-se que é real o perigo desta linha ser ultrapassada e não pode haver distracções.Olhamos para o … Continue a ler A parvoíce na política ou o resultado de lideranças como as de Trump e Bolsonaro?

Quando Bruxelas se transforma num centro de agitação política

As famosas agências de rating andam mais caladas mas, tal como não há vazios em política, também não pode haver vazios na arte de agitar papões frente ao nariz dos que se comportam fora dos padrões considerados aceitáveis. Não sei se as agências começaram a ficar incomodadas com o seu próprio ruído ou se perceberam … Continue a ler Quando Bruxelas se transforma num centro de agitação política

Crónica do nada

Foto: FPFÉs homem, não te esqueças!Só é tua a loucuraOnde, com lucidez, te reconheças...Miguel Torga, in SísifoSe por esta hora, a selecção nacional de futebol não se tivesse sagrado campeã da Europa, não tenho grandes dúvidas de que já se teriam feito ouvir muitas vozes, alegando que a Fé do treinador tinha sido insuficiente para … Continue a ler Crónica do nada

A utilização desonesta do exemplo de Mandela

Agora que o corpo de Mandela arrefeceu e o destempero dos comentários desapareceu, talvez seja tempo de dizer alguma coisa mais ponderada sobre Nelson Mandela. Nunca falei com Mandela, nunca estive na África do Sul, mas a dimensão de Mandela é universal.Desde logo Nelson Mandela mostrou um democrático desapego pelo poder. Algo que muitos dos … Continue a ler A utilização desonesta do exemplo de Mandela