A Europa à nora…

O céu está a cair-nos em cima e ninguém sabe a resposta a dar. Paris, Bruxelas, Nice, Baviera, Munique… casos diferentes que muita da alarvidade à solta tenta colocar no mesmo saco. Mesmo sem haver – à hora a que escrevo – dados concretos (no caso de Munique), as expressões mais utilizadas são “estado islâmico”, … Continue a ler A Europa à nora…

É de admirar que haja um “Monroe” em Moscovo?

Ainda não há muito tempo o Presidente dos Estados Unidos tratava o Presidente da Rússia como "o meu amigo Medvedev" e o próprio Medvedev admitia que a adesão da Rússia à Nato era “um tópico aberto para debate se houver boa vontade e desejo" da parte dos membros da NATO (ver Expresso online 20.11.2010). Foi … Continue a ler É de admirar que haja um “Monroe” em Moscovo?

Refugiados na Europa? É a globalização, estúpido!

As coisas estavam a correr de forma quase perfeita. Circulavam os capitais e os bens, mas as pessoas estavam quietinhas, ou pelo menos pouco se movimentavam… os lucros acumulavam-se e era importante manter o ritmo. Em tempos de absoluto desprezo pelas pessoas e de endeusamento do dinheiro e dos pseudo gurus da Economia, os ditos-cujos … Continue a ler Refugiados na Europa? É a globalização, estúpido!

Memórias de Gevgelija – arame farpado, lágrimas e sorrisos

A fronteira – Gevgelija – entre a Grécia e República da Macedónia é, por paradoxal que possa parecer, um local de lágrimas e sofrimento, de sorrisos e alegria. Sente-se a dor de quem chega vindo da Grécia, após longas jornadas desde a Síria, Iraque ou Afeganistão, transportando no corpo as sequelas de longas caminhadas, noites … Continue a ler Memórias de Gevgelija – arame farpado, lágrimas e sorrisos