Irene Guia conhece bem o Iraque que o Papa Francisco vai encontrar

Irene Guia num mercado junto a um campo de refugiados Yazidi, em Sahria, Curdistão iraquiano, em Novembro de 2016. Foto: jmr

O Papa já está em Bagdad. Até segunda-feira, o programa é intenso e as expectativas são grandes. O Papa Francisco diz que está no Iraque como peregrino, para implorar perdão e reconciliação, num país dilacerado por sucessivos anos de guerra.

Irene Guia, religiosa da Congregação das Escravas do Sagrado Coração de Jesus, segue esta viagem à distância e com pena de não estar no Iraque. Passou cerca de dois anos em missão, junto de deslocados iraquianos, muçulmanos, yazidi e cristãos, precisamente no momento em que o Estado Islâmico estava no apogeu e a batalha de Mossul estava ainda no início. Fez amigos, que mantém, e agora falou com eles para saber o que esperam desta visita e como vão receber o Papa. Irene Guia revela também a sua própria expectativa e sinaliza a esperança que a presença do Papa Francisco significa. Quanto à segurança do Papa diz que “teme, mas não treme”. Ficaria preocupada, sim, se por motivos de segurança, o Papa Francisco não fosse ao Iraque. Entrevista completa para ouvir neste ficheiro áudio.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s